Passou a semana inteira esperando pela sexta-feira? Este artigo é para você.

Esse tipo de comportamento pode ser sintoma de uma insatisfação mais complexa com o trabalho, com a empresa e até mesmo com a carreira profissional.

Segundo pesquisa realizada pela consultoria de recrutamento e seleção de executivos Enlacers, os brasileiros estão bastante insatisfeitos com os seus trabalhos atuais, sendo 46% entre os homens e 49% entre as mulheres. Além disso, apenas 9% dos pesquisados estão satisfeitos com as amizades construídas no trabalho.

As razões vão muito além da remuneração: apenas 12,3% estão insatisfeitos com seus salários e benefícios, enquanto 67% anseiam por “reconhecimento profissional” e “satisfação pessoal com o trabalho”.

O problema não é da segunda-feira

Apesar de já fazer parte do senso comum, passar a noite de domingo sofrendo ou passar a sexta-feira contando as horas para o final do expediente não são comportamentos saudáveis, especialmente se acontecerem de maneira frequente, e podem indicar sinais de falta de motivação com o trabalho ou até mesmo com a carreira profissional.

Não se sentir bem com o trabalho ou a profissão que você escolheu pode desencadear insatisfações também na vida pessoal e no relacionamento com pessoas queridas.

A motivação tem que vir de dentro

Existem fatores internos e externos que contribuem para a falta de motivação no trabalho, mas uma coisa é certa: a motivação deve partir de dentro para fora.

Frases, palestras e treinamentos motivacionais funcionam apenas de maneira momentânea e superficial, como um banho: você toma uma chuveirada de motivação, mas logo logo já sente a necessidade de outro banho.

Apesar das empresas fornecerem estímulos para despertar a motivação de seus colaboradores através das mais diversas ações de endomarketing, comunicação interna e educação corporativa, a verdadeira motivação, a que faz você se levantar cedo todos os dias e ir ao trabalho, só pode ser conseguida por uma pessoa: você mesmo.

Estou desmotivado: e agora?

O primeiro passo para solucionar esse problema é através da aceitação de que ele é real, mas é passageiro e tem solução. Você precisa começar a refletir sobre o que, especificamente, está causando essa insatisfação, se é o seu cargo, as suas atividades, o seu ambiente de trabalho, a sua equipe, a sua empresa ou a sua carreira profissional no geral.

Quando você detectar o fator que está causando a falta de motivação, converse com alguém sobre isso. Outras pessoas podem estar passando ou já passaram por momentos semelhantes em suas vidas e podem ajudar você a encontrar a melhor solução para retomar as rédeas da sua vida.

Você também pode procurar um coach qualificado, ele possui todas as ferramentas e métodos ideais para ajudar você a se autoconhecer, descobrir seus pontos fortes e fracos e ainda quais são as suas principais habilidades e competências para que você possa criar e concretizar um novo objetivo de vida.
 

Compartilhe esta notícia:
Newsletter
Cadastre seu e-mail e acompanhe nossas notícias e novidades
Tel.: +55 (84) 3345.1242 / 9 8164.6363
E-Mail: lemont@lemosemontenegro.com
Endereço: Av. Rui Barbosa, 1868 - Ed. HC Plaza, Torre 2 - Loja 608 - Lagoa Nova - Natal- 59.056-300